Imprensa

História do melhor jornalismo
regional do País. Leiam! (123)

  DANIEL LIMA - 01/11/2018

Metropolização sempre foi nossa pauta na revista LivreMercado e segue sendo nesta revista digital. Em fevereiro de 1998 (portanto, há mais de 20 anos) fizemos uma entrevista sabe com quem? Com Márcio França, então prefeito de São Vicente e também titular da instituição que comandava uma espécie de Clube dos Prefeitos da Baixada Santista. A leitura dos primeiros parágrafos já indica o quanto estamos atrasados, porque até agora não contamos com regionalidade formalizada dentro do figurino do Estado. Leiam os primeiros trechos da Entrevista Especial de mais de 20 anos com Márcio França, derrotado domingo na disputa pelo governo do Estado. “O que a Baixada Santista de nove Municípios, 1,3 milhão de habitantes e economia quase integralmente voltada ao turismo tem a ver com o Grande ABC de sete Municípios, 2,3 milhões de moradores e economicamente dependente do setor industrial? A diferença é que a Baixada é de fato e de direito uma Região Metropolitana, legalmente constituída pelo governo do Estado, enquanto o Grande ABC vive na penumbra legislativa, através de metropolização apenas de fato, representada pela Câmara Regional e pelo Consórcio Intermunicipal de Prefeitos. Para o presidente do Consesb, Conselho de Desenvolvimento Metropolitano da Baixada, Márcio França, prefeito de São Vicente, a melhor alternativa ao Grande ABC é seguir os passos do Litoral, porque estabeleceria forma de amarração praticamente indissolúvel, seja qual for o partido político de plantão no Palácio dos Bandeirantes”.

05/02/1998 - Institucionalizar é a saída para áreas metropolitanas

Leia mais matérias desta seção: