Imprensa

Best Shopping pode virar
monstruosidade imobiliária

  DANIEL LIMA - 17/11/2015

A área de mais de oito mil metros quadrados que durante muitos anos sediou o Best Shopping, completamente demolido, pode dar lugar a um novo monstro urbano em São Bernardo. Vou revelar amanhã importantes informações sobre o que se pretende fazer com aquela área na Chácara Inglesa, um dos últimos pontos nobres do genoma territorial de São Bernardo.

 

Mais que isso: além de preparar série de informações relevantes para quem não abre mão de uma região longe dos pecados urbanísticos da Capital, entregue a mercadores imobiliários, organizarei questionamentos à Administração de Luiz Marinho, que participou ativamente dos ganhos de marketing da demolição daquele prédio então invadido por insetos, roedores e marginais.

 

Os moradores da Chácara Inglesa, que se manifestaram preocupados com o destino daquele terreno, devem se preparar para uma emenda senão pior que o soneto, ao menos semelhante: o espaço que tanto os incomodava pode ser um tormento em forma de estrangulamento de acessibilidade ainda maior do que já está consumado e do qual eles reclamam. Morar na Chácara Inglesa, condomínio de classe média de São Bernardo, poderá se tornar insuportável com os desdobramentos da demolição do shopping fantasma.

 

Qualidade de vida

 

CapitalSocial tem se mostrado o único endereço da mídia regional claramente em defesa da qualidade de vida decorrente de investimentos imobiliários. O comprometimento permanente da acessibilidade parece não ter limites. Os administradores públicos são extraordinariamente flexíveis à especulação com o uso e a ocupação do solo.

 

Sem exagero, as relações entre grandes empresários do setor imobiliário e gestores públicos são uma caixa-preta sobre a qual não existe uma única instituição regional decidida a reagir. Há um silêncio das organizações sociais que favorece a negligência de atuação do Clube dos Especuladores Imobiliários, como denominamos a Acigabc chefiado pelo empresário Milton Bigucci.

 

O empreendimento imobiliário que estaria reservado à área dos escombros do Best Shopping será um dos melhores negócios do planeta mesmo nestes tempos bicudos do setor, porque momentos bicudos do setor são cíclicos. É praticamente impossível, assim como em outras situações, empresários do setor imobiliário darem com os burros nágua diante das facilidades proporcionadas pela Administração Luiz Marinho. 

Leia mais matérias desta seção: